Nutricionista explica a importância de comer bem

By  |  0 Comments

Melissa Morimoto, nutricionista, entrevista, andre fressant, moda sem censura, alex cursino, blog de moda, dica fitness, health, corpo masculino, estilo, llifestyle,

Nos dias mais frios as pessoas sentem mais vontade de comer. É cair e a temperatura e pronto, estamos procurando por comida! E quem não gosta de comer?! Não vamos atrás de comida saudável, muito pelo contrário, temos uma tendência no inverno de comer alimentos mais calóricos e ricos em gordura. Os especialistas confirmam: de fato, quando está frio a vontade de comer é ampliada e isso acontece por questões físicas.

E como abrir mão de um fondue de chocolate ou queijos com os amigos neste friozinho?

O MSC conversou com a nutricionista e modelo Melissa Morimoto que vai falar sobre como manter a boa forma, a dieta no mundo da moda e sobre a importância de procurar por um especialista. Lógico, tudo isso para você poder continuar comendo gostoso.  

Melissa Morimoto, nutricionista, entrevista, andre fressant, moda sem censura, alex cursino, blog de moda, dica fitness, health, corpo masculino, estilo, llifestyle,2

MSC: Muitos vão para a internet e a gente sabe que isso não é bom! É preciso sim, procurar por um especialista, fazer uma consulta e saber o que é necessário. Cada organismo é diferente, por tanto, a mesma dieta não serve para mim e para você. Qual sua orientação para nossos leitores?

Melissa: Minha orientação pode parecer um pouco de propaganda, mas não é: procure sempre uma nutricionista! Seja no consultório, hospital ou ambulatório, todas nós seguimos um protocolo: fazemos a anamnese, analisamos todos os dados do paciente, alimentação e rotina – o que acho que é importantíssimo na hora de prescrever um planejamento alimentar. Não adianta usar a mesma abordagem da pessoa que acorda as 6 da manhã para aquele que faz plantão noturno, e assim por diante. Além disso, as necessidades energéticas são diferentes dependendo da idade, sexo, atividade física e histórico médico. Parece fácil, mas nós nutricionistas temos um belo de um trabalho antes de inicar as mudanças na rotina de um paciente – fico pensando desde a parte financeira, até a praticidade – principalmente naquele momento que bate a fome em uma reunião ou no caminho para casa. Rs

 

MSC: Você teve contato com outras culturas, visitou outros países, o que você vê de diferença entre a alimentação do brasileiro para o gringo? Quem se cuida mais?

Melissa: Depende muito! Conheço muitos brasileiros que se cuidam muito, estrangeiros que vivem de fast-food e vice-versa. Mas de uma coisa eu tenho certeza: os brasileiros se preocupam muito mais em relação a estética e mudam a alimentação para atingir a perfeição. Já fora do país, e mais comum encontrar pessoas que mudaram sua alimentação por opção ou por conta de alguma doença que surgiu no caminho.

 

MSC: Você também é modelo, então, está mais por dentro do assunto do mundo da moda. O que você aconselha para aqueles caras que querem entrar neste universo e buscam pelo corpo perfeito? Que dicas você tem para eles?

Melissa: A minha principal dica é: não sacrifique sua saúde pela perfeição, pois o preço que se paga a longo prazo (temos visto exemplos na mídia) é caro e muitas vezes é um caminho sem volta. Atualmente, a insatisfação com a imagem corporal é elevadíssima e pode levar a diversos distúrbios e transtornos alimentares. É muito importante ter acompanhamento médico e nutricional e lembrar que não existe atalho para chegar ao corpo perfeito – a jornada é longa e trabalhosa.  Ser modelo é uma profissão  como qualquer outra que exige muita dedicação e comprometimento!

 

MSC: A vaidade hoje em dia está em alta e a procura pelo melhor corpo é exigência entre 10 e 10 homens que malham. Ser saudável e ter o corpo perfeito é possível?

Melissa: Sim, é possível e recomendado. A combinação de alimentação saudável e atividade física contribuem para um melhor estilo de vida!

 

MSC: Para finalizar, Mel, sabemos que para manter uma dieta rigorosa, exige um pouco mais de dinheiro, afinal os produtos são mais caros. Para aquelas pessoas que não tem como gastar mais, nos dê uma dica de um bom café da manhã que pode ser acessível para todos? Você pode nos explicar do porque de cada alimento?

Melissa: Com certeza! Aliás, no meu site (acessem: www.melissamorimoto.com) estou preparando uma parte do conteúdo que combina praticidade com economia. Acho importante passar uma mensagem de que a alimentação saudável pode ser acessível e prática! Um exemplo de café da manhã saudável começaria com um suco verde, seguido de pão integral com queijo branco, café com leite desnatado ou iogurte desnatado com granola e uma fruta. As porções variam de acordo com cada indivíduo! O pão integral e a granola, são fontes de carboidrato,  que têm como principal função nos fornecer energia. Dê preferencia aos integrais, que tem baixo índice glicêmico, dão mais saciedade e ajudam no funcionamento do intestino. O queijo branco, leite desnatado e iogurte desnatado, são essenciais para a manutenção da saúde óssea, além de serem fontes de proteína. E por fim, o meu queridinho de sempre, o suco verde, que contem couve manteiga, gengibre, maca ou abacaxi (depende do dia) e linhaça, que tem propriedade antioxidante, anti-inflamatória além de ser rico em vitaminas e fibras!

Melissa Morimoto, nutricionista, entrevista, andre fressant, moda sem censura, alex cursino, blog de moda, dica fitness, health, corpo masculino, estilo, llifestyle,3

Perfil

Nome: Melissa Morimoto

Idade: 28 anos

Formação: Nutricionista, Mestranda em Ciências da Saúde Aplicadas à Reumatologia (UNIFESP) e Pós-graduanda em Saúde Nutricional e Integral em Consultório, Hospital e Alta (GANEP).  

Site: www.melissamorimoto.com

Contato: [email protected]

error: Content is protected !!