Dicas para evitar a acne no verão

Grooming

como tratar acne, dicas para curar acne, dermatologia, pele masculina, beleza masculina, fernanda braga, alex cursino, moda sem censura, blogger, fashion blogger, beauty tips, tratamento de pele

Hoje tenho a função de esclarecer alguns mitos que rondam a acne, as famosas espinhas, e que acometem uma porcentagem enorme da população.

Nosso querido Alex me incentivou a falar um pouquinho sobre o assunto me perguntou porque sua pele piora no verão.

As mudanças na temperatura da pele influenciam um pouco a secreção sebácea, sendo a variação sazonal mínima, com discreta piora no verão. Sim, ocorre uma piora no verão.

A Radiação Ultravioleta (UV) aumenta as glândulas sebáceas. A exposição solar acelera a queratinização como mecanismo de defesa, aumentando o número de comedos (cravos). Essa aceleração é mais importante em pessoas de pele clara – mais sensíveis ao sol.

A sudorese e a secreção sebácea são funções independentes, mas a visualização da oleosidade e dos comedos aumenta quando a pele está úmida pelo suor.

A dieta influencia muito a nossa pele. Muitos casos de acne têm relação com resistência à insulina, nesses casos, dietas com baixo teor de carboidratos ajudam na melhora da acne. O leite e seus derivados também atuam na inflamação das glândulas sebáceas, piorando a acne. O interessante é saber que o leite desnatado é mais prejudicial à pele.

Ainda na sessão dieta, os suplementos alimentares, muito utilizados pelos homens nas academias, à base de proteínas do leite são grandes fatores de piora da acne, devendo ser usados com moderação e acompanhamento nutricional.

Falando em mitos, e o chocolate? Pode? O antigo grande vilão da acne já não é mais o culpado, pois muitos estudos mostram que não há correlação entre a dieta com chocolate e a acne. Mesmo sem evidência científica, quando um paciente associa certo alimento à piora da sua pele, devemos reduzi-lo da dieta.

E quanto à prevalência da Acne? O homens sofrem mais que as mulheres?

A acne acomete grande parte da população entre 11 e 24 anos. O pico de incidência nas meninas é entre os 11 e 13 anos, e nos meninos entre 13 a 14. A fase de maior gravidade costuma ser entre 17 a 18 anos nas mulheres e 19 a 21 nos homens. Alguns estudos sugerem que a incidência seja maior entre as mulheres caucasianas e ocidentais. No Brasil, a incidência é maior nas mulheres, mas os homens apresentam casos mais graves. Uma pesquisa em Londres já mostra outra realidade: os homens têm uma prevalência 40% maior que as mulheres.

Doutora, quero dicas. 

Dicas?

Entender a acne, as diferentes opções de tratamento, não manipular as lesões, não realizar limpeza de pele sem recomendação do seu dermatologista, evitar o uso de tratamentos sem prescrição médica, principalmente os corticoides tópicos (as famosas pomadinhas). Essas medidas já são de grande ajuda antes de começar seu tratamento.


dermatologista, pele masculina, dicas de estética masculina, moda masculina, tendencia masculina, estilo masculino, blog de moda masculina, moda sem censura, alex cursino, saúde masculina, Drª Fernanda Braga

    Dermatologista pela UNIFESP e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

       http://drafernandabraga.com.br/


error: Content is protected !!